"Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi e vos constituí para que vades e produzais fruto, e o vosso fruto permaneça. Eu assim vos constituí, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vos conceda."João 15,16

Seguidores

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Palavra do Seminarista:

Leitura orante da Palavra: exercício que traz vida

Estamos finalizando este mês setembro no qual a Palavra foi o foco de nossa vida catequética cristã. Mas a vida não para, e precisamos sempre exercitar, fazer como aprendemos em nossos encontros de formação: uma continua ascese bíblica. E o exercício que melhor atende nossa igreja, realmente, é a leitura orante da Palavra.
Leitura orante da Bíblia ou Lectio Divina alimenta a nossa vida espiritual. Os frutos dessa oração são perceptíveis já nas primeiras orações com a Palavra. A Lectio Divina surgiu por volta do segundo século, começando com os monges católicos. Os monges diziam que uma vida espiritual era possível se subíssemos na escada da Lectio Divina. A Lectio Divina, em modo mais simples, segue quatro fases: a leitura, meditação, oração e a contemplação.
Vamos fazer na prática? Então, primeiro, desligue-se do mundo, acenda uma vela, silencie por alguns minutos. Depois, comece invocando o Espírito Santo. Vá em frente e faça leitura da Palavra; com calma, leia de quatro a cinco vezes. Procure colocar-se no texto, identifique o ambiente, personagens, imagens, ações. Agora medite a Palavra de Deus, procure descobrir os tesouros espirituais, as mensagens. Saboreie a Palavra. Feche os olhos, concentre-se. É hora de orar commensagem bíblica, você é convidada a responder a Deus nesse momento. É um diálogo pessoal, não se preocupe com falatórios. Louve e peça perdão, entregue-se nas mãos de Deus. Deixe Ele te acolher. Contemple a Palavra: nesta etapa você é dirigido por Deus, você não é dono. É o silêncio amoroso e misterioso de Deus que fala ao seu coração. Permaneça no silêncio e Ele falará a você. Para finalizar a Lectio, reze um Pai Nosso, pegue uma mensagem e tente vivê-la. Fazendo, sua vida será mais feliz com Jesus.
Depois desses passos, resta uma atitude: conservar a Palavra na vida, encarnar a Palavra do Senhor. Ela vai produzir frutos quando foi semeada no seu coração, frutos como: paz, sorriso, decisão, conversão, caridade, bondade...
Catequistas, sejam vocês testemunhas da Palavra de Deus. Façam a experiência na Catequese, entre vocês, na Família. Com certeza vocês verão a glória de Deus. Encontramo-nos na oração.


Um abraço sincero,
Seminarista Alex Sandro Serafim



2 comentários:

Jonathan Cruz disse...

Seu blog está funcionando normal agora.

Reinaldo Fonseca - Pascom Paroquial disse...

Olá! Seu blog tá caprichadinho né?
Que neste mês missionário possamos nos comprometer com a missão do Senhor a de Anunciarmos a Paz e sermos missionário onde quer que estejamos.
Fique na Paz e no Amor de Cristo,

Reinaldo