"Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi e vos constituí para que vades e produzais fruto, e o vosso fruto permaneça. Eu assim vos constituí, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vos conceda."João 15,16

Seguidores

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Pai, perdoe nossas faltas e nos ensine a perdoar


A oração do Pai-Nosso é um convite para que nosso coração aprenda a perdoar e pedir perdão

A Palavra meditada está em São Mateus 6,9-15:
"Vós, portanto, orai assim: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, como no céu, assim também na terra. O pão nosso de cada dia dá-nos hoje. Perdoa as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos que nos devem. E não nos introduzas em tentação, mas livra-nos do Maligno. De fato, se vós perdoardes aos outros as suas faltas, vosso Pai que está nos céus também vos perdoará. Mas, se vós não perdoardes aos outros, vosso Pai também não perdoará as vossas faltas."

Que a Palavra da Salvação, que é viva e eficaz, adentre nosso coração e nos traga libertação e transformação. Ao lermos esse trecho do Evangelho de São Mateus, não fiquemos apenas na beleza das palavras, mas a coloquemos em prática.

O Pai-Nosso é a oração que Jesus nos ensinou, para que possamos nos dirigir a Deus. Somos tendenciosos ao pecado e, por isso, Jesus nos ensina a rogar ao Pai, para que Ele transforme nossa vida. São quatro favores que encontramos nesse trecho de São Mateus.

Perdoai as nossas dívidas

Perdoar não é fácil, é um exercício diário. Assim como educamos nosso corpo a fazer uma atividade física ou até mesmo a se reeducar na alimentação, eduquemos nosso espírito para o perdão.

Todos os dias, peçamos perdão a Deus. Reconheçamos nossas fraquezas e tudo o que nos leva a pecar; peçamos perdão ao Senhor por nossas ofensas. A melhor forma de combater a tendência ao mal é, primeiramente, reconhecermo-nos pecadores e limitados.

Somos “endividados” com Deus e nossos irmãos, pois, a todo tempo, pecamos e magoamos o Senhor e aqueles que convivem conosco. Reconhecendo-nos pecadores, trabalhemos em nós o perdão.

Perdoai assim como nós perdoamos aos que nos devem

Será que realmente perdoamos a quem nos deve? Peçamos perdão e também perdoemos. Não apenas da boca para fora, mas que essa seja uma ação que se prolongue pela vida. Não conseguiremos viver o perdão se não o praticarmos todos os dias.

Não nos introduzas em tentação

A falta de perdão é uma tentação. O maligno quer que tenhamos um coração rancoroso e vingativo. Desmascaremos o inimigo.

Reconheçamos que ofendemos a Deus e Lhe peçamos o perdão. Não tenhamos medo de olhar para nosso coração e interior e ser mais humanos, amorosos, “mais gente”.  A vingança desumaniza o coração dos filhos de Deus.

Livra-nos do maligno

Se nos abrimos a pedir perdão, o maligno não tem poder para nos desanimar e nos tirar da presença do Senhor.  Quando olhamos para dentro de nós, temos um choque, porque tocamos em nossa fragilidade.

Olhemos com compaixão para a miséria do outro. É no coração que tudo se faz e desfaz. Um coração que se entrega ao Espírito Santo transforma sua ofensa em intercessão. O perdão dá o testemunho de que em nosso mundo o amor é mais forte que o pecado.

O perdão é uma via que vai e volta. Neste Ano da Misericórdia, não paremos apenas no devocionismo à Divina Misericórdia, mas que ela seja vivenciada em nossa vida.  Que o Senhor nos livre da tentação de não querermos perdoar e das artimanhas do maligno.

sexta-feira, 3 de junho de 2016

O Amor de Cristo nos uniu !

"Porque é esta a ordem que o Senhor nos deu:Eu coloquei você como luz para as nações, para que leve a salvação até aos extremos da terra".Atos 13,47

Olá gente linda do meu coração e do coração de Deus,que a paz de Cristo esteja e permaneça com todos vocês!

Hoje nós Catequistas Unidos comemoramos 5 anos de união,amizade e evangelização.Que alegria pertencer a  este grupo,que tem um único objetivo:"Anunciar o Evangelho".Queremos anunciar Aquele que Amamos e conhecemos,Jesus Cristo nosso Salvador!Nosso amor por Deus,pelos irmãos e pela Igreja é tão grandioso que não conseguimos nos limitar apenas a evangelização em nossas paróquias. Assim como Paulo ,nós também fomos chamados á anunciar o Evangelho á mais e mais pessoas. Em nosso caso,através das mídias sociais.O Catequista carrega dentro de si o ardor missionário e o Espírito Santo esta sempre agindo em nós,fazendo com que a chama do Amor de Deus jamais se apague.


"Senhor Jesus nós te louvamos e te agradecemos por estes 5 anos de união,e te pedimos que nunca deixes nossa Fé esmorecer.Amém!

Shalom!
                        PARABÉNS CATEQUISTAS UNIDOS!




quarta-feira, 1 de junho de 2016

Catequistas Unidos! 5 anos de Evangelização através da web

No próximo dia 03/06,nós Catequistas Unidos estaremos completando 5 anos de Evangelização através da web.É muito gratificante para mim como catequista pertencer a esta "família",nôs tornamos amigos e nem a distância foi capaz de nôs afastar...Somos ligados a uma obra muito grande,nossa missão não se limitou apenas  as salas de catequese em nossas paróquias.Juntos anunciamos a Palavra de Deus á milhares  de irmãos e irmãs através das mídias sociais. Se você Catequista que lê essa pequena mensagem sentir seu coração arder,não se amedronte.Pare e ouça, é o Senhor te chamando para caminhar conosco! Para entrar em contato conosco visite nosso site " catequistasunidos.wix.com/catequistasunidos ", procure qualquer um de nós através de nossas redes sociais será uma alegria  ter você em nossa "Família". Que Deus nôs de força, sabedoria e coragem para  continuarmos a desempenhar a  missão que Jesus nôs confiou e que o Espírito Santo continue a agir em nós como em Pentecostes.Fica conosco Senhor!

Conheça agora um pouco de cada um de nós através do vídeo do nosso quinto aniversário! Shalom 






segunda-feira, 23 de maio de 2016

Santíssima Trindade ( Reflexão )

 Hoje, de um modo especial, celebramos Deus. Mas quem é Deus? Como explicá-lo? Como defini-lo? Como conhecê-lo?



Nenhuma pergunta sobre Deus pode ser respondida por nós humanos. Deus nos supera!
Temos noção de quem Ele é, mas não conseguimos defini-lo. É impossível! Ele é a eterna surpresa. Nosso Deus não é o Deus dos filósofos, mas é o Pai de Jesus Cristo, é o próprio Cristo, é o Espírito de Amor.
Para conhecê-lo deveremos abrir a Sagrada Escritura, principalmente o Novo Testamento, e ver o que Jesus, o Verbo Encarnado, nos diz.
A Sabedoria,leitura do livro dos Provérbios (8,22-31) , afirma que ela é o próprio projeto de Deus que cria um mundo justo. Com o projeto da redenção, para sanar o pecado de Adão, o Verbo se encarnou e apareceu no meio do mundo como a Sabedoria de Deus.
Quando da ascensão de Jesus, sua subida aos céus foi um ganho para os discípulos, pois permitiu que o Senhor Ressuscitado estivesse presente em toda parte. O Senhor fala agora através do Espírito, do Paráclito, que une, com sua presença, o passado e o presente.
A  leitura, extraída da Carta de  São Paulo aos Romanos ( 5,1-5 ), nos fala que o “amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.” Esse amor ocupa o primeiro lugar, deixando justificação e justiça para o segundo plano.
O Espírito, solidarizando-se com Jesus, age dentro de nós, construindo uma vida nova.
Ele nos proporciona duas colunas, a escuta e a disponibilidade, que nos ajudam a assumirmos o projeto de Deus em nossa vida.

Portanto, crer e adorar a Trindade é deixá-la habitar e agir em nossa vida, é colocar em prática a palavra de Paulo: “Eu vivo, mas não sou eu, é Cristo que vive em mim.” (Gal 2, 20) - (Reflexão do Padre Cesar Augusto dos Santos)
Shalom!

Fonte : Rádio Vaticano